Nesta fase de contingência, as clínicas dentárias em Portugal foram condicionadas a funcionar apenas em caso de urgência por indicação por despacho do estado no dia 16 de Março de 2020. Veja informações sobre esse despacho aqui.

A clínica ORA já havia tomado essas medidas desde o dia 14 de Março de 2020. De facto são medidas importantes porque a atividade de Medicina Dentária apresenta alguns riscos que devem ser minimizados para os pacientes, equipa e resto da população.

Como tal, a clínica apenas pode atender pacientes com manifesta urgência inadiável. Todos os outros casos não urgentes estão a ser assistidos com apoio telefónico dos médicos dentistas e assistentes.

 

– O que são consideradas urgências inadiáveis nesta fase?

  • infecções e abcessos
  • fraturas de dentes, restaurações, próteses ou aparelhos ortodônticos com dor permanente associada ou incapacidade de mastigação
  • hemorragias
  • todas as situações que possam comprometer a saúde ou funções vitais como a mastigação dos pacientes

 

Como estamos a apoiar os nosso pacientes?

  • os médicos dentistas e assistentes estão a contactar pacientes com tratamentos a decorrer de forma a assegurar a tranquilidade e dar apoio que necessitem
  • os casos de urgência são analisados por telefone, fotografia e vídeo e avaliamos a real necessidade de serem vistos nas clínica
  • muitas situações resolvem-se com simples recomendações, emissão de receitas por SMS, email ou Whatsapp
  • sempre que necessário, atendemos casos de urgência inadiável na clínica, com medidas adicionais de controlo de higiene e redução de risco de infeção
  • telefone/whatsapp de urgência 919 233 470
  • email info@ora.pt
  • pode preencher o nosso formulário online
  • o seu médico dentista estará disponível para falar consigo.

 

Nesta fase menos fácil, é importante que siga sempre os conselhos da Direção Geral de Saúde:

  • fique em casa e saia o mínimo possível e absolutamente necessário
  • lave bem as mãos com sabão ou solução alcoólica
  • não toque na sua cara com as mãos
  • ajude os mais necessitados
  • apoie da forma que puder as equipas hospitalares que estão a zelar pelos pacientes
  • Mais informações aqui no site da DGS

 

Vamos todos ter calma, paciência e disciplina com a higiene e conselhos da DGS nesta fase.

O mais rápido possível voltaremos à nossa vida normal, mais fortes, mais solidários e a dar mais valor uns aos outros e ao nosso planeta.

o diretor clínico

Jorge André Cardoso

OMD 4255